Publicado em Deixe um comentário

Receita de Lambe-lambe: Arroz com mariscos pra comer com as mãos!

O lambe-lambe é um prato a base de arroz, marisco (mexilhão) e temperos, típico da culinária caiçara. Os caiçaras são os nativos do litoral sul/sudeste; uma miscigenação de índios, brancos e negros, que vivem do que o mar e seu entorno oferecem.

O nome do prato vem do fato de ele ser comido com as mãos, utilizando a própria casca do marisco como talher, e sem o uso de pratos: a tradição pede que todos se reúnam em volta da panela, sem cerimônias. Se lambuzar é inevitável e divertido (e deixa até a experiência mais saborosa, com certeza).

Feriadão em Naufra, não tem?

O Lambe-lambe é também um prato muito consumido em acampamentos praianos. Pela manhã o mar esta mais baixo e calmo, perfeito para a “catação” de mariscos nos costões. Com um pouco de coragem e muitíssima prudência (respeite o mar, muito mais perto de um costão), você tem Mariscos Free. Basta trazer o arroz e uma panela e fazer uma fogueira. A água, sim, pode ser a do próprio mar, que já vem salgada na medida – e será bem fervida, se isso lhe causa preocupação.

Vamos à receita!

Pense sempre numa panela exagerada, GRANDE.
As cascas do marisco ocupam um baita espaço e o volume final engana. Uma panela de 10 litros serve 6, no máximo 7 pessoas. Vai parecer que serve 15.

  • Calcule 150gr de arroz cru e 1/2kg de mariscos c/ casca por pessoa. Os outros itens são temperos, inclusive o camarão que usamos. Ou seja, se você ama alho, cebola, ou camarão, quem sou eu pra dizer quanto deles vai nas suas receitas. Pra consagrar um lambe-lambe, basta respeitar a razão entre arroz/marisco. Também tem lambe-lambe com lula, polvo, bacon… divirta-se.
  • Arroz pode ser o que você quiser. Só evite os próprios para risoto (carnaroli, arbóreo…). Ficar mexendo o tempo todo com a presença dos mariscos não rola. Usamos o parboilizado.
  • Antes de acender o fogo faça o seu mise en place (pré-preparo). Picar tudo, limpar a casca do marisco…
  • Sal-pimente o preparo cada vez que você acrescenta algo na panela. Isso não significa colocar demais, ok? Sal e pimenta-do-reino, sempre a gosto.

Ingredientes:

Ingredientes Lambe-lambe

Os ingredientes estão na ordem de entrada no caldeirão:

1. Azeite, óleo ou qualquer gordura;
2. Alho picado;
3. Cebola picada;
4. Cenoura ralada fina;
5. Tomate picado;
6. Marisco com casca;

7. Arroz e 2x de água;
8. Casca de bergamota (opcional);
9. Camarão (opcional)
10. Tempero verde fresco bem picado (salsa, cebola verde, coentro, ou todos);
11. Raspas e suco de limão.

Mão na massa:

1. Refogue o alho, cebola, cenoura e tomate com a gordura. Quando começar a secar, acrescente (no nosso caso) cerveja, finalizando a refoga.

2. Misture bem o arroz com o refogado e acrescente água para cozinhar. Aumente o fogo e comece a fervura. Tampe a panela.

3. Quando os mariscos abrirem, misture novamente, para o arroz entrar nas cascas. Pode deixar destampado.

Lambe-lambe de mariscos

4. Quando o arroz estiver cozido mas ainda caldoso, acrescente o camarão cru e o bisque (opcional). Baixe o fogo, misture tudo, deposite a casca da bergamota no leito do lambe-lambe e tampe a panela. Cozinhe por uns dois minutos, tempo para o camarão cozinhar no ponto.

5. Desligue o fogo, retire a casca da bergamota e acrescente o tempero verde, as zests (raspas da casca) do limão e esprema suco do mesmo por cima. Pronto!

6. Pegue um marisco, separe as conchas do bivalve recheada dum suculento arroz com marisco bem temperado, destampe sua LaBruja favorita e ataque! Nós fomos de Dedo-de-moça com Limão galego, por que os amiguinhos do mar praticamente clamam por ela.

Lambe-lambe de mariscos com molho de pimenta LaBruja

Prato de Mané

Bem, a experiência em torno de preparar e degustar um lambe-lambe é quase pitoresca, na verdade. Uma junção de história e sabor onde a etiqueta à mesa é se lambuzar, como todo bom caiçara que sabe das coza sempre fez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *